Caminhoneiros conectados: aplicativos ajudam a melhorar o lucro dos fretes.

Os aplicativos móveis, mais conhecidos como ‘apps’, são softwares  desenvolvidos para serem instalados em dispositivos eletrônicos móveis como celulares e tablets. A popularização desses programas deu início a uma “febre” por “apps” e hoje já existem aplicativos para todos os tipos de interesses, necessidades e finalidades. Há aplicativos voltados para a oferta de serviços, informações, comunicação e entretenimento.

Aproveitando os avanços tecnológicos e a “onda” desses aplicativos, a  área de logística também tem se beneficiado, já que os” apps” de busca por fretes estão cada vez mais se popularizando entre os motoristas autônomos ou não,que buscam otimizar suas viagens, diminuir a ociosidade e melhorar a produtividade.

Há bem pouco tempo atrás, os profissionais de logística , não tinham muitas opções para se comunicar com os empregadores e clientes,  e amargavam muitos prejuízos, já que quase sempre não tinham garantia de ter uma carga na volta. Às vezes, até prolongavam a viagem (e os custos) com estadias, até que um produto fosse encontrado para ser transportado.

Os aplicativos de cargas e fretes podem ser instalados no celular do caminhoneiro, seja ele autônomo ou empregado, e assim, indústrias e motoristas ficam conectados em qualquer lugar!

Outra vantagem do uso desses aplicativos é a diminuição dos custos com ligação e, dependendo do caso, com combustível, já que o caminhoneiro não precisa se deslocar para avaliar ou negociar a carga.

Conheça  alguns dos aplicativos mais utilizados pelos caminhoneiros em suas negociações:

1 – TRUCKPAD – Um dos primeiros aplicativos nessa área e está presente em oito países latino-americanos. Está disponível para empresas de qualquer porte (inclusive pequenas e médias). Permite informar demanda de frete pelo site. Necessita cadastro simples com nome, e-mail, posição na empresa, telefone, nome da empresa, CNPJ, endereço com CEP, assim como concordância com termos de uso.

2 – SONTRA CARGO – Se apresenta como uma bolsa fretes e tem um site que funciona como um classificado de fretes e caminhões, realizando o papel de agenciador (intermediário). Trabalha com sistema de busca refinada e direciona fretes para perfis de motoristas específicos. Atua em todos os estados do Brasil e atende transportadoras, caminhoneiros autônomos, agenciadores de cargas e indústria.

3 – FRETEBRAS CHECKIN – por meio da plataforma caminhoneiros cadastram gratuitamente seus veículos, já as transportadoras e embarcadoras precisam pagar taxa mensal. O aplicativo permite cadastrar cargas e negociar fretes diretamente com caminhoneiros. Atua no Brasil inteiro e também na América do Sul.

4 – BUSCA CARGAS – a plataforma conta com site e aplicativo com o intuito de facilitar o transporte de bens e mercadorias. Nele, os caminhoneiros e cargas se cadastram gratuitamente e a negociação entre os interessados é feita pelo chat do aplicativo. Atua em todo o Brasil e aceita os perfis embarcador e transportador.

Utilizando esse tipo de recurso, um motorista autônomo consegue aumentar seus ganhos em 50%, o que representa uma renda extra ao fim do mês ou maior margem de negociação no custo final da carga. Algumas ferramentas ainda permitem o acompanhamento da carga em tempo real.

Dessa forma, os velhos estilos de negociação evoluem, além de se reduzir tempo e custo de operação. E isso é bom para o motorista e para a transportadora.

E você ? já utiliza algum tipo de tecnologia ou  outro aplicativo e quer recomendar?

Conte pra gente nos comentários!